Cultura, informação e bem estar.

Saúde de Palmas orienta sobre cuidados para evitar a retinopatia diabética

Conselho-Brasileiro-de-Oftalmologia.

Neste mês de novembro começa a campanha ‘24 horas pelo diabetes’, promovida e organizada pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO). A ação promoverá uma mobilização multidisciplinar on-line no dia 25, a partir das 9 horas, para conscientizar sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento da retinopatia diabética, complicação do diabetes que afeta os olhos. A transmissão será realizada nos canais oficiais do CBO nas redes sociais.

Segundo o médico nutrólogo da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) Flávio Cavalcante de Assis, a retinopatia diabética é um conjunto de alterações retinianas e vítreas causadas pelo diabetes, sendo a segunda causa de cegueira irreversível, precedida apenas pela degeneração macular relacionada à idade.

Ele também explica que os sinais apresentados pela doença são pontos ou manchas escuras flutuando na visão, visão embaçada e que muda periodicamente de borrada para clara, visibilidade noturna prejudicada ou perda da visão central ou periférica.

Assis destaca que a doença tem tratamento, isso dependerá da avaliação do oftalmologista, podendo ser utilizado técnicas como fotocoagulação, uso de medicação para estimular angiogênese ou corticoide e vitrectomia.

A Semus destaca que para buscar tratamento a população deve ir até a sua Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima e passar pela triagem para que o profissional de saúde possa avaliar sua condição.

Caso o paciente apresente sinais graves de diabetes como sede constante, formigamento nos pés e mãos, infecções frequentes na bexiga, rins, pele, infecções de pele, visão embaçada e feridas que demoram para cicatrizar, o usuário deve procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 

Texto: Annady Borges – estagiária sob supervisão da Coordenação de Jornalismo da Semus

Edição: Secom

crédito foto: Banco de fotos do Freepik

Você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não aceitar, se desejar. Aceitar Saiba Mais