Cultura, informação e bem estar.

Pesquisa da FIETO aponta queda na confiança do empresário no último mês do ano

Tocantinense teve uma postura mais cautelosa que o observado no contexto nacional. Confianca-do-Empresario-Industrial.

A última edição do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de 2023, divulgada na manhã desta quarta-feira, 20, registrou um recuo de 1,3 pontos (passou de 48,4 para 47,1) entre novembro e dezembro, indicando falta de confiança por parte dos empresários tocantinenses do setor.

Apesar da redução, o Indicador de “Expectativa”, um dos componentes do ICEI, permaneceu acima dos 50 pontos (51,5), apontando que o setor mantém um certo otimismo em relação aos próximos seis meses. Já o outro indicador, de “Condições Atuais”, atingiu 38,2 pontos, bem abaixo da linha divisória dos 50 pontos.

Ao contrário do cenário tocantinense, nos meses de novembro e dezembro o ICEI nacional ultrapassou a linha divisória dos 50 pontos, sinalizando que o empresário do segmento industrial se manteve confiante em relação ao seu negócio e na economia brasileira nos últimos meses de 2023.

“Os empresários do Tocantins, embora também tenham manifestado expectativas otimistas, adotam uma postura mais cautelosa que o observado no contexto nacional, o que, somado à deterioração das condições atuais, contribuiu para a queda do ICEI”, avalia Gleicilene Bezerra da Cruz, técnica em pesquisa da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO).

Por Júnior Veras

Você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não aceitar, se desejar. Aceitar Saiba Mais